• Dança 4
Menu
No próximo dia 18 de Julho de 2024, integrado no Research Summit da Universidade de Aveiro, será lançado o livro/disco Sonoro Mar - Diálogos Fonográficos entre Brasil e Portugal que resulta projeto de investigação do INET-md, o Liber|Sound: Práticas Inovadoras de Arquivamento para Libertação da Memória Sonora. O evento decorrerá às 21:30, no Auditório Renato Araújo, situado no edifício da Reitoria da Universidade.
 
_MG_6272_2.jpeg
 
Sonoro Mar é um dos resultados artísticos e científicos do projeto de investigação Liber|Sound: Práticas Inovadoras de Arquivamento para Libertação da Memória Sonora, desenvolvido pelo INET-md e pela Universidade de Aveiro e financiado pela FCT. Focado no estudo de trânsitos sonoros entre países e territórios lusófonos (Portugal, Brasil, Moçambique e Goa/Índia), a partir de acervos de discos de 78 rpm existentes nos arquivos parceiros do projeto, o Liber|Sound procura entender o papel das indústrias fonográficas na construção de imaginários e pontes sonoras em contextos lusófonos. O projeto é coordenado pelo professor Pedro Aragão (UNIRIO) e pela professora Susana Sardo (Universidade de Aveiro), contando com uma vasta equipa distribuída pelos 4 territórios de análise do projeto.
 
Gravado no estúdio Rangel (Porto), com mistura e masterização realizada por Carlos Fuchs (Arda Estúdio), Sonoro Mar vai ser editado pela Tradisom, fundada por José Moças, um dos maiores colecionadores de discos de 78 rpm em Portugal e cuja coleção foi a base para a pesquisa que conduziu à recriação do repertório gravado. O LP conta ainda com arranjos de dois importantes maestros brasileiros: Jayme Vignoli e Marcilio Lopes, que procuraram criar releituras contemporâneas deste importante repertório que representa um património musical conjunto entre Portugal e Brasil.
 
O disco – em formato LP - assinala a estreia discográfica do Clube do Choro – Porto num passeio por géneros musicais nascidos no influxo atlântico, tais como fados, maxixes, marrabentas e choros, num resgate do repertório parcialmente esquecido entre as duas margens do oceano. Contando com a participação da cantora portuguesa Patrícia Lestre, a formação recria repertórios originalmente gravados pelas indústrias fonográficas brasileiras e portuguesas da primeira metade do século XX, com especial destaque para géneros musicais e artistas que cruzaram repetidas vezes o Atlântico, entre os quais Chiquinha Gonzaga, Geraldo Magalhães, Nina Rodrigues ou Carlos Calderón. O LP Sonoro Mar, que conta com o apoio da DGArtes.