• Dança7
Menu
No passado dia 5 de abril de 2024, decorreu um simpósio na Grieg Academy, Universidade de Bergen (Noruega), intitulado “Shall we play?: a symposium on music & sound art with participating audiences”. O evento abordou o papel participativo do público na música e na arte sonora, com destaque para a a importância do público como parte integrante das obras. Entre os destaques do evento, está a participação, enquanto keynote, de Sara Carvalho, compositora e investigadora do INET-md, e a estreia Norueguesa da sua obra “occupied mirrors” (2019), para piano de brincar e público, interpretada pela pianista Késia Decoté.
 
transferir_1.jpeg
 
A Universidade de Bergen, na Noruega, foi palco de um evento único no campo da música e da arte sonora sob o título "Shall we play?: a symposium on music & sound art with participating audiences"; o simpósio explorou o papel do público não apenas como ouvinte e espectador mas como participante da performance. Um dos momentos do evento foi a participação keynote da compositora Sara Carvalhocom a comunicação "Audience participation in live new music pieces: from the score to the performance", onde abordou a questão da música clássica contemporânea (dentro da tradição ocidental) ser frequentemente percebida pelo público como desafiadora, gerando, muitas vezes, opiniões controversas.
 
O público presente foi convidado a participar na performance da obra "occupied mirrors" (2019), escrita por Sara Carvalho e interpretada pela pianista Késia Decoté. Nesta obra, Sara Carvalho desafiou as convenções normativas de ritual ao envolver o público na criação sonora, proporcionando uma experiência imersiva e interativa, que faz reflectir sobre as fronteiras entre performer, compositor e público.
 
Mais informações sobre o evento: https://musicasaninvitation.com/shall-we-play/