• Batuque
Menu

Coordenação
 
 
Financiamento
Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT)
 
 

Referência

PTDC/ART-PER/32417/2017

 

Prazo de Execução

Outubro 2018 a 2021

 
 

Instituições envolvidas (em colaboração ou parceria)

Parceria estratégica: Junta de Freguesia de Santa Maria Maior

 

 

Equipa

Iñigo Sánchez  | Salwa El-Shawan Castelo-Branco | Livia Jimenez Sedano | Daniel Malet Calvo | Gonçalo Antunes de Oliveira | Jorge Sequera Fernández | Pedro Rebelo | Daniel Paiva | Matilde Meireles | Rui  Cidra | Jordi Nofre

 

 

Resumo

Este projeto toma a atual turistificação dos bairros históricos da cidade de Lisboa como objeto de pesquisa e, simultaneamente, como lente analítica para investigar o papel do som na restruturação cultural e sensorial de espaços urbanos turistificados da cidade pós-industrial.A promoção recente de Lisboa a destino turístico maior e o impacto do turismo no fabrico social dos seus bairros históricos, tornaram a capital portuguesa num interessante estudo de caso para este projeto.A abordagem inovadora a este objeto assenta numa moldura interpretativa multidisciplinar construída em torno de noções de ambiente de som, ambiente urbano e sustentabilidade. O cerne desta pesquisa consiste numa etnografia sensorial dos bairros históricos de Lisboa, incluindo pesquisa de terreno, a gravação de paisagens sonoras (soundscapes) e entrevistas a residentes locais, visitantes, agentes políticos e outras partes interessadas envolvidas no desenvolvimento de Lisboa como cidade turística. De modo a entender a relação entre o turismo e o espaço acústico urbano o projeto considera dois níveis de análise: (1) a política urbana e o planeamento de cidade, e (2) a experiência urbana quotidiana dos moradores da cidade e visitantes. É precisamente na relação entre o espaço urbano como é concebido pelos planeadores da cidade e pelos designers urbanos e o compromisso sensorial dos habitantes da cidade com o ambiente construído que ambiências urbanas emergem. 

Resultados/outputs do Projecto:

(1) Publicações científicas: O projeto contempla a produção de 14 publicações científicas, incluindo artigos, capítulos de livros e um volumem editado.

(2) Apresentação de comunicações em congressos nacionais e internacionais.

(3) Informes de progresso: O IP e o co-IP serão responsável pela produção de informes internos e para a agência financiadora relativos ao progresso do projeto.

(4) Formação avançada: Espera-se a finalização de um teses de doutoramento e de uma teses de mestrado no transcurso do projeto. O projeto incorporará nas suas diversas fases estudantes-estagiários para realizar labores de pesquisa de terreno.

(5) Organização de conferências e congressos. O projeto contempla a organização de 4 seminários de investigação, um congresso e um workshop interdisciplinar.

(6) Produtos/Disseminação: Além da página web e da presença em redes sociais (Twitter, Facebook, etc.), o projeto curará um arquivo sonoro on-line e produzirá uma série de postais sonoras que serviram para disseminar os resultados da pesquisa.

(7) Criação artística: Como resultado da atividade "Soms do meu bairro" o projeto produzirá uma instalação sonora site-specific e organizará passeios sonoros no centro histórico de Lisboa.

 

 

site