• citara
Menu

 

Coordenação

Susana Sardo (IP)

Ana Flávia Miguel (co-IP)

 

 

Financiamento

POCI-FEDER, Fundação para a Ciência e a Tecnologia-OE

 

 

Referência

PTDC/ART-OUT/30825/2017

 

 

Prazo de Execução

26 de Julho 2018 a 25 de Julho 2021

 

 

Equipa

Susana Sardo | Ana Flávia Miguel | Aoife Hiney | Alexsander Jorge Duarte | Álvaro Barbosa de Sousa | Joaquim Manuel Henriques Sousa Pinto | Dario Ranocchiari | António Vassalo LourençoJorge Castro Ribeiro | Pedro Aragão | António Henriques dos Santos | José Salgado e Silva | Maria do Rosário Pestana | Cristina Cortês | Andreia Duarte | Rui Raposo | Artur Calado | Vitor Marques

 

 

Resumo

O projeto SOMA tem por base a construção de um espaço físico e digital de memória dedicado à música e ao som da região de Aveiro que sirva simultaneamente objetivos de inovação e transformação social e objetivos de inovação e produção académica. Trata-se de um laboratório vivo construído coletivamente e de forma partilhada pela comunidade em conjunto com os investigadores académicos que procura colocar a investigação e o desenvolvimento ao serviço dos cidadãos. Contará com uma equipa transdisciplinar constituída por etnomusicólogos, arquivistas, designers, informáticos, técnicos de som, produtores musicais e membros da comunidade não académica. 

O som tem vindo a ser progressivamente valorizado enquanto testemunho patrimonial e repositório de memória, aspeto que ficou internacionalmente consagrado pela promoção de um conjunto de práticas que incluem a música e o som a Património Imaterial da Humanidade pela UNESCO. Os inúmeros projetos que hoje se dedicam ao mapeamento do som das cidades, e à reconstrução das paisagens sonoras associadas aos espaços da natureza ou àqueles manipulados pela ação humana - como os espaços industriais - constituem exemplos relevantes desse reconhecimento do som enquanto aspeto significativo na vida das pessoas. A relação do som com a memória, e em particular com a memória coletiva enquanto expressão de relações sociais e das realidades daí resultantes, é um dos principais argumentos para, por exemplo, o seu reconhecimento como material de arquivo, para a sua inclusão como narrativa museológica ou para a sua inscrição enquanto factor decisivo na identificação dos indivíduos com a sua herança cultural. 

O projeto SOMA procura assim contribuir para a construção de um lugar de memória dedicado ao som e à música onde seja possível (1) salvaguardar uma herança sonora e musical associada à região de Aveiro; (2) recordar espaços urbanos e rurais e suas dinâmicas a partir dos sons históricos; (3) inspirar ações de reativação da memória através de processos criativos ligados à música e aos sons; (4) mobilizar os cidadãos na construção de um repositório coletivo, de perfil intergeracional e onde as comunidades se sintam representadas; (5) favorecer o envelhecimento ativo através de ações de investigação partilhada entre investigadores académicos e detentores de tradições; (6) promover uma relação mais permeável entre a universidade e a sociedade; (7) consolidar um espaço laboratorial atrativo, de perspetiva colaborativa, que favoreça o turismo académico e de investigação.

 

 

Palavras-chave

Etnomusicologia; Memória Social; Arquivos Sonoros Digitais; Patrimónios Criativos para a Inclusão Social

Website
http://soma.web.ua.pt