• Bombos
Menu
Escolher um contacto:
Imagem do contacto
Doutorando
Departamento de Comunicação e Arte | Universidade de Aveiro
Campus Universitário de Santiago
3810-193 Aveiro
Portugal
Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Tel: (+351) 234 370 389 (ext. 23700)

Nota Biográfica

Julieta Silva tem um percurso musical e artístico ligado à música tradicional portuguesa, que encetou com a sua passagem pelo GEFAC, em Coimbra, onde teve o primeiro contacto com as etnografias e com a sua utilização a um nível performativo. Integrou, desde aí, projectos artísticos como Chuchurumel, Diabo a Sete ou Alacrã. Participou na concepção e realização de diversos espectáculos construídos em meio rural, envolvendo as populações locais, com o intuito de cruzar linguagens musicais.
Em 2009 editou “A Festa dos Montes”, um estudo etnomusicológico realizado no âmbito da pós-graduação em Estudos de Música Popular (FCSH-UNL).
Concluiu o mestrado em Musicologia na Universidade de Aveiro em 2015 com a dissertação “Estéticas e Políticas do Revivalismo da Sanfona em Portugal (1976-2015)”. Frequenta actualmente, na mesma universidade, o Doutoramento em Música - Etnomusicologia.
 
 
 
Projeto de doutoramento
 
Título
O trigo do joio. O caso GEFAC: música popular, militância cultural e movimentos sociais.
 
Orientação
 
Resumo
Este estudo etnomusicológico explora as relações entre música popular de matriz rural, movimentos sociais e militância cultural no contexto do Grupo de Etnografia e Folclore da Academia de Coimbra (GEFAC), uma associação de estudantes universitários que, em 2016, comemorou cinquenta anos. Desde a sua fundação, estes jovens procuraram separar “o trigo do joio”, realizando investigação no terreno para legitimar a “autenticidade” das suas performances (Brocken 2003), enfrentando o discurso hegemónico em torno da folclorização (Castelo-Branco e Branco 2003). 
Até à actualidade, diferentes gerações de jovens estudantes reoperacionalizaram discursos em torno da música popular, consolidando o GEFAC como espaço de comunicação e criação cultural, cujo impacto na música urbana feita em Portugal será o centro deste estudo.

 

 

Grupo de Investigação: Etnomusicologia e Estudos em Música Popular