• KovaM
Menu

SEMINÁRIO PERMANENTE DO GRUPO DE INVESTIGAÇÃO ETNOMUSICOLOGIA E ESTUDOS EM MÚSICA POPULAR
 
 
2024-05-08 | 15h00 | NOVA FCSH, Colégio Almada Negreiros, Campolide (Lisboa) | Sala 208 - Piso 2 | Sala Zoom 
 
Entrada livre, presencial e online.
 
 
 
 
 
Tendências e desenvolvimentos na música chinesa após a revolução, 1949-2000
 
Frederick Lau | Centro de Estudos de Música Chinesa, Universidade Chinesa de Hong Kong 
 
 
Moldada pelos princípios éticos e morais do confucionismo, a música chinesa tem sido uma tradição contínua e ilustrativa, profundamente enraizada na sociedade chinesa ao longo da história. No entanto, após a Revolução Comunista de 1949, esta rica tradição musical sofreu uma interrupção abrupta. Com base na extensa investigação em música chinesa, bem como em teorias relacionadas com a etnomusicologia e com as ciências sociais, esta apresentação pretende explorar a evolução da paisagem sonora e da conceptualização da música chinesa nos anos que se seguiram à revolução de 1949. 
 
Esta comunicação irá aprofundar as alterações significativas que foram introduzidas na música chinesa, quer na teoria, quer na prática e, de uma forma geral, o seu profundo impacto na trajetória dessa arte. Além disso, esclarecerá sobre a noção redefinida da tradição e o processo de resignificação pelo qual a música chinesa passou. 
 
Ao examinar estes desenvolvimentos transformadores, podemos obter uma compreensão mais profunda de como a música chinesa se adaptou e evoluiu no contexto sociopolítico da era pós-Revolução. Ao explorar as fronteiras e significados redefinidos da música chinesa, podemos compreender o seu significado contemporâneo e as formas como continua a ressoar na sociedade chinesa de hoje.
 
 
 
 
 
Frederick Lau | Presidente e Professor do Departamento de Música e Diretor do Centro de Estudos de Música Chinesa da Universidade Chinesa de Hong Kong. Sua experiência abrange um amplo espectro de música ocidental e asiática, abrangendo performance, prática e atividades acadêmicas. As suas realizações são evidenciadas por sua extensa investigação, publicações notáveis, cargos de prestígio e numerosos prêmios. É mestre e doutorado pela University of Illinois em Urbana-Champaign, além a sua pós-graduação em performance na London Guildhall School of Music and Drama. Além de suas atividades acadêmicas foi, também, solista em flauta e maestro altamente conceituado, cativando o público com seu estilo expressivo e interpretações do repertório barroco e vanguardista. Teve o privilégio de se apresentar com conceituadas orquestras e conjuntos nos EUA e na Ásia. O êxito do seu trabalho académico foi reconhecido através de prêmios e bolsas concedidas por conceituadas instituições como a National Endowment for the Humanities dos EUA, a National Academy of Sciences, a German D.A.A.D. Academic Exchange, e o Hong Kong Jockey Club Music and Dance Scholarship. É autor de uma vasta obra como Music in China (Oxford University Press); co-editor de Making Waves: Travelling Musics in Asia and the Pacific (University of Hawaii Press); Vocal Music and Cultural Identity in Contemporary Music: Unlimited Voices in East Asia e the West (Routledge); Locating East Asia in Western Art Music (Wesleyan University Press); e de um próximo volume intitulado China Sounds Abroad (Chinese University of Hong Kong Press). Seus artigos acadêmicos foram publicados em conceituadas revistas internacionais, como Ethnomusicology; Yearbook for Traditional Music; e Asian Music. Além disso, suas contribuições podem ser encontradas em volumes editados na Oxford Handbook for Chinese Music; China and the West; Oxford Handbook for Protest Music; e The Garland Encyclopedia of World Music. Também trabalha como editor da série de livros “Music and Performing Arts of Asia and the Pacific”, da University of Hawaii Press. Até 2018, desempenhou funções como professor na University of Hawaii at Mānoa, e Cal Poly State University, na Califórnia. Foi, também, professor visitante em diversas universidades na Ásia e nos Estados Unidos.