• Dança 5
Menu
Lançamento | Fin Qui Ho Parlato»: a condição profissional dos músicos na Lisboa oitocentista e outros ensaios
 

O livro «Fin Qui Ho Parlato»: a condição profissional dos músicos na Lisboa oitocentista e outros ensaios, editado pela Colibri no âmbito do projecto PROFMUS - Ser Músico em Portugal: a condição socioprofissional dos músicos em Lisboa (1750-1985), sediado no INET-md (NOVA FCSH), reúne um conjunto de textos da autoria do musicólogo Francesco Esposito (1964-2020), selecionados e organizados por um grupo de amigos e colegas, que assim prestam homenagem à sua memória e ao seu legado.

Trata-se de uma série de artigos e capítulos de livros, escritos entre 1999 e 2020, que se encontravam dispersos por diversas publicações científicas nacionais e internacionais, precedidos por um inédito, mais concretamente uma das últimas comunicações orais que Esposito proferiu e que versava um dos seus recentes interesses de investigação: a relação de Rossini com a Casa Real portuguesa.

A edição foi coordenada pelos investigadores do INET-md Cristina Fernandes e Tiago Hora, contando com a participação de Guido Olivieri, Livia Apa, Luísa Cymbron, Luisa Nardini, Rosa Paula Rocha Pinto e Sara Ludovico na seleção e revisão. A obra será apresentada por Paulo Ferreira de Castro e por Livia Apa.

 

Para mais informações sobre este lançamento livro, aceda à página da Biblioteca Nacional de Portugal, aqui.