• Dança 4
Menu

GRAUS E ACTUALIZAÇÃO ACADÉMICA

Titulação académica
Maitrise pela Université Paris 8 – Saint Denis em Arts du Spectacle mention Études Théâtrales. Titulo: L'acteur-manipulateur dans les théâtres d'objet.
Completa o Maestrado em Psicopedagogia Perceptiva : La scène pedagogique du sensible et l'emergence créatrice", sob a coordenação de Danis Bois, Universidade Moderna de Lisboa em Junho de 2007.

Doutorando em Dança na Faculdade de Motricidade Humana de Lisboa, investigação pela que obteve o apoio da Fundação para a Ciência e Tecnologia como bolseiro do programa de Bolsas de Doutoramento Individuais em Estudos Artísticos.
(Tese entregue em Junho de 2014, data marcada para defesa 13 de Outubro de 2014).
No âmbito desta investigação tem participado nos seguintes seminários de investigação – formação – actualização:

- Études en danse européennes : méthodologies et interdisciplinarités /
Estudos Europeus em Dança in progress : metodologias e interdisciplinaridades Dezembro de 2010, no âmbito do proyecto de cooperación internacional HC Pessoa, organizado por la FMH – Faculdade de Motricidade Humana de Lisboa e a Université de Nice Sophia-Antipolis – LASH en Nice. Realizado na Université de Nice Sophia-Antipolis – LASH en Nice.

-"3rt Seminar on Human Kinetikc / performanming arts / dance:
Junho 2010, Methodologies and research tools on performing arts: Kinaesthetic memory, collective memories and historical narratives.
INED-MD + FMH e CEAP + ́RITM, realizado na Faculdade de Motricidade Humana.

- Segundo Seminário de Investigação Inter-disciplinar:
Janeiro de 2010, "O Corpo como Processo/Processo de Trabalho", organizado pelo INET-MAD +

Faculdade de Motricidade Humana + Universidade Católica Porto + CITAR, realizado na Universidade Católica Portuguesa, Porto.

- Seminário de investigação Inter-disciplinar:
Setembro de 2009, Métodos e instrumentos de investigação em artes performativas, Faculdade de Motricidade Humana.

- Seminário: de investigação Inter-disciplinar:
Junho 2009, "Lab para as artes" Faculdade de Motricidade Humana.

PUBLICAÇÕES CIENTÍFICAS/ ARTÍSTICAS MAIS RECENTES
 

Aprea L. (2013). "Duas óperas que se conhecem". Depoimento para programa das operas Into the little hill / Dido e Eneia. Lisboa: ed. Fundação Calouste Gulbenkian.
Aprea, L. (2011) "Présence et ambiance vécue". Roots & Routes, Research on Visual Cultures. Periódico Trimestral /Quarterly Magazine: ISSN 2039-5426. Disponível on line: http://www.roots- routes.org/.
Aprea L. (2011). "Uma ópera olhando-se ao espelho". Depoimento para programa da opera Le carnaval et la folie. Lisboa: ed. Centro Cultural de Belém.
Aprea L. (2009). "La dramaturgia del actor en la interpretación desde el Movimiento". Cuerpos en escena. Sol Garre e Itziar Pascual (orgs.) Madrid: ed. Fundamentos. Colección: Arte. Ensayos y Manuales. (pp. 39-45).
Aprea L. (2009). "La scène pédagogique du sensible et l'émergence créatrice". Sujet sensible et renouvellement du moi. D. Bois, M. Josso, M. Humpich (orgs.) Paris: Point d'appui, collection Forum. (pp. 417-429).
Aprea L. (2009). "Cómicos. Bárbaros. Sublimes." Depoimento para programa de Lo frate 'nnamurato (com Marcos Magalhães). Lisboa: Ed. Centro Cultural de Belém.
Aprea L. (2008). "O cenário pedagógico do sensível e a emergência criadora". Sujeito sensível e renovação do eu, D. Bois, M.- C. Josso, Marc Humpich (orgs). Centro Universitário São Camilo, São Paulo. (pp. 423-437).
Aprea L. (1999). "Madrid ou 'Madreana'". Theatre/Public, "Les Tranversales". Gennevilliers: Théâtre de Gennevilliers. (pp. 53-56).

COMO PROFESSOR NA ESCOLA SUPERIOR DE TEATRO E CINEMA DE LISBOA

Professor de Movimiento desde 1998. Desde 2001 como Prof. Eq. Adjunto.
Na actualidade è Responsável artístico e pedagógico da Unidade Curricular Teatro do Movimento do Mestrado em Artes Performativas e membro efectivo da Assembleia de Representantes da E.S.T.C.

COMO PROFESSOR NOUTRAS INSTITUÇOES
Escola Superior de Dança de Lisboa, "Tecnicas Teatrais", 2006-2007.
Universidade do Algarve Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, Mestrado em Teatro e Educação. Prof. de movimento, ano académico 2002 – 2003.

Unima Escuela de Verano, "Teatro de Objeto", Madrid, 2003.

La Comedie de Reims - Scène Nationale, seminário de movimento: "Forme et espontaneité" , Reims, 2003.

Escola Superior de Música e Artes Cénicas de Porto, seminário de Movimento para os alunos da Licenciatura, 2002.

Real Escuela Superior de Arte Dramático de Madrid, professor de Interpretación – Recorrido Gestual. 1993-1997.

Teatro Nacional – Casa del Teatro de Santa Fé de Bogotá, "Cuerpo lúdico, cuerpo consciente, cuerpo teatral". Colombia, 1997.

Companhia Teatro Libre de Santa Fé de Bogotá "Juego y teatralidad", 1997.

Les transversales - Les thèâtrales des jeunes en Europe. Talleres de creación teatral. Bussang – Vosges. França, 1996 e 1997

Facultad de Teatro de Bellas Artes de Santiago de Cali, Curso dirigido aos profesores: Pedagogía, interpretación y escritura escénica para un teatro desde el movimiento". Colombia 1994.

Compañía Nacional de Danza de Santiago de Cali, seminário sobre "Teatralidad del movimiento y estilización", 1994.

ACTIVIDADE ARTISTICA
Co-director Artístico da Companhia Teatral Invenciones Cosmicómicas;
Integra a Direcção Artística da companhia de Teatro O Bando (2003 - 2010)
Integra desde 2008 a direcção artística da Cia Músicos do Tejo
 
!
Criações e colaboraçoes mais recentes:
2014-2015
"Ester", oratorio sacro de Antonio Leal Moreira, 1786. Estudo de Ópera: Escola Superior de Musica/Teatro S. Luiz. Org. Nicholas McNair.
"Armida" de Josef Mysliveček, 1779. Orquesta Metropolitana de Lisboa, Maestro João Paulo Santos, encenação Luca Aprea. CCB.
2013
"Il Trionfo d'Amore", serenata para seis vozes de Francisco António de Almeida, 1729. Músicos do Tejo. Direção musical, Marcos Magalhães, direção teatral e adaptação do libreto, Luca Aprea. CCB.
"Dido e Eneias" de H. Purcell, 1662. Músicos do Tejo e Coro Gulbenkian, direção musical Marcos Magalhães, encenação Luca Aprea. Fundação Calouste Gulbenkian - Grande Auditório.
"Into the Little Hill", George Benjamin & Martin Crimp, 2006. Orquesta Gulbenkian, direção musical Pedro Neves. Encenação Luca Aprea. Fundação Calouste Gulbenkian - Grande Auditório.
2011
"Le carnaval et la folie", comedie-ballet de C. Destouche (1672-1749), Direcção Musical, Marcos Magalhães, encenação e adaptação do libreto, Luca Aprea. Maio 2011.

2009
"Lo Frate Nnamorato", ópera barroca de Giovanni Battista Pergolesi, 1732, Direcção Musical Marcos Magalhães, encenação e adaptação do libreto, Luca Aprea, Pequeno Auditório do CCB, Novembro 2009.

"La spinalba", ovvero Il vecchio matto, 1739, Francisco Antonio de Almeida, Dir. Musical Marcos Magalhães, encenação e adaptação do libreto, Luca Aprea. Auditório ... CCB, Janeiro de 2009. Parcerias: Mezzo / Rtp 1.
Opera gravada pela RTP e emitida pela RTP1 a 14 de Agosto de 2009.